• Nenhum produto no carrinho.

Como vencer o desânimo?

Oscar Niemeyer: A Vida é um Sopro 

Olá! Se você chegou até este post é porque provavelmente está desanimado com alguma coisa relacionada ao desenho. Os fatores que envolvem isso são inúmeros, então seria difícil eu citar todos e falar sobre todos. O que eu posso fazer para ajudar, é lhe encorajar a continuar. Desenhar realmente não é uma tarefa fácil. Quantas pessoas você conhece que desenham? Quantas pessoas desenham bem? Acredito que a maioria conheça poucos. Isso é um grande demonstrativo de que desenhar realmente não é uma tarefa fácil. Quando vemos um desenho pronto, não imaginamos todo trabalho que teve por trás, esforço e tempo dedicado até obter aquele resultado.

Outro fator negativo, é a ansiedade, pois muitos buscam resultados imediatos. Por mais simples que seja o desenho, esse processo exige muita dedicação e prática.

Agora, sobre o mito “ter dom para o desenho”, existem pessoas que realmente tem uma certa facilidade em desenhar, mas nada impede que outra pessoa alcance aquele mesmo resultado, ainda que leve um pouco mais de tempo. Entenda que para tudo sempre há um início e depende de você dar esse ponto de partida para evolução da sua bagagem artística. Ninguém nasce sabendo. Todos precisam desenvolver suas habilidades, ainda que tenha pouco tempo para desenvolvê-la. É o esforço e dedicação que lhe renderão bons resultados.

 Busque inspirações por meio de trabalho de outros profissionais e compartilhe o resultado de sua dedicação.

Então se você pensou em desistir, dê mais uma chance a esse seu sonho, não desista facilmente de nada do que você quer!

E entenda a diferença entre um elogio, crítica construtiva e crítica negativa. O elogio valoriza o seu esforço, a crítica construtiva complementa o desenvolvimento do seu trabalho e a crítica negativa deve ser ignorada, pois parte de uma premissa sem conteúdo técnico, apenas de gosto pessoal, que não tem relevância para a arte.

Quer ficar por dentro de todas oficinas?

Você poderá acompanhar a divulgação das novas oficinas através das mídias sociais (facebook, instagram, Snapchat e blog) ou cadastrando o seu email na nossa lista de contato.

 

 

Copyright © 2017 Arquitêta - Todos os direitos reservados

X